Publicado em Apresentação, Casa & Família, Divã, Mundo Corporativo, Organização

Muitas mudanças vem por aí!

Olá!

Quanto tempo…quantas mudanças…quantas ideias!

Um breve relato sobre a vida nesses últimos tempos: fiz meu primeiro curso de Coaching na Sociedade Brasileira de Coaching em SP, me tornando Personal Coach.

O curso é ótimo, traz muito aprendizado e percepção do quanto aceitamos uma vida na média(medíocre sabe), como vamos crescendo e nossos sonhos vao ficando esquecidos, deixados de lado.

Me empolguei e assinei contrato para a MBA em Coaching , que eu iria realizando ao longo do ano.

Logo que sai do curso, descobri um. “poder”em vendas, algo que eu nunca tinha percebido que podia fazer e executar, percebi que se eu estudasse um pouco mais, me dedicasse mais as técnicas minha consultoria seria um sucesso!

45 Dias após o curso já estava com uma agenda funcional, trabalhando e estudando todos os dias.

Em abril, fui para a segunda etapa de COACH EXECUTIVE E BUSINESS, uauuu meu mundo! Tudo fazia sentido, percebi quase soubesse essas ferramentas de planejamento antes, meus resultados seriam um arraso, acredito que foram ótimos ao longo dos 15 anos que trabalhei na empresa, mas teriam sido fenomenais 😉

Após o Executive, minha agenda realmente ficou completa, me senti segura para trabalhar empresas, com isso bastou buscar contatos antigos e bingo!

Em novembro, fui para a etapa do Positive Coaching, baseado na Psicologia Positiva do autor Martin Seligman, outro treinamento de mudar conceitos, treinamento de repensar sonhos, objetivos, um treinamento para se empoderar, dobrei uma barra de ferro no pescoço, quebrei uma madeira com a mão, tudo isso tendo claro meu foco e objetivo! Aqui aprendi a lição mais importante do COACHING : Sabendo o que se quer, basta buscar!

Resultado de imagem para frase henry ford sobre caminho

Isso mesmo, tudo que consigo pensar que quero eu posso, basta SABER o que é!!

Percebi que passamos nossos dias deixando a “vida nos levar”, as responsabilidades, obrigações, quando percebemos mais um mês se passou, mais um ano se foi…com essas ferramentas nao deixamos mais a vida nos levar, tomamos a frente!

Porque estou contanto tudo isso? Primeiro para retomar as postagens :),segundo porque decidi nos meus projetos fazer esse blog ter uma missão, fazer esse blog ajudar milhares de pessoas que como eu sonham, desejam, tem responsabilidades e por muitas vezes deixam a vida nos levar…

Logo estarei publicando a Missão do BLOG, estarei explicando nosso novo calendário editorial, divulgarei Ebook gratuitos com a intenção de ajudar todos no planejamento de sonhos e desejos, falaremos sobre finanças, viagens, carreira, maternidade, entre outros assuntos.

Espero voces aqui sempre!

Publicado em Divã

Adaptação

Olá,

 

2017 começou e com ela minha nova realidade, minha nova “profissão”de Empreendedora, confesso que ainda não estou sentindo a realidade, foram as festas, férias das crianças, cansaço acumulado do ano intenso de 2016….

Ontem comecei a organizar meu novo espaço de trabalho, organizei mesa, agenda, computador, assisti alguns vídeos no YouTube, montei minha nova agenda, foi um dia muito gostoso e intenso.

Tive contato com algumas pessoas que fizeram eu ter a certeza de que estou no melhor lugar, na melhor hora… algumas coisas nunca vão mudar, então a gente que se incomoda precisa mudar né?

Vamos seguindo com a adaptação, vamos seguindo com a nova agenda e principalmente vamos seguindo com o otimismo:

“Tudo vai dar certo no final, se não deu certo é porque não chegou o final ainda!”

Essa frase sempre foi uma máxima na minha vida e darei a ela mais um crédito, vou acreditar muito nisso.

Publicado em Divã

Fazendo o Balanço 2016.

Ola,

2016 está chegando ao seu final, metas estão sendo feitas para o ano que se inicia , acredito que todos façam isso todos os anos, certo?

O que vejo poucas pessoas fazerem, é analisar o ano que passou, não digo reclamar ou agradecer o ano, falo de fazer um balanço mesmo, aquele que analisamos a fundo nossas vitórias e derrotas, aquele que percebemos o quanto andamos ou não em busca de nosso propósito de vida, aquela analise difícil de fazer, aquela que as vezes dói, sim dói, pois é difícil aceitar que erramos, é difícil aceitar que não saímos do lugar ou que saímos demais, mas é sem dúvida o momento mais importante de todos.

Comecei o meu a alguns dias, logo que tudo se desenhou para que eu me desligasse da empresa que trabalhei nos últimos 15 anos, e vou dizer 2016 foi um ano controverso, foi um ano TOP e um ano DESAFIADOR, um ano em que testei todos os meus limites e ainda o estou fazendo, mas principalmente foi um ano que me reconectei com a SABRINA, aquela que sonha, deseja, idealiza, planeja… um ano que tomei a coragem de buscar o meu eu!

Divido aqui com vocês alguns dos meus aprendizados de 2016:

  • Amigos são mínimos e se conta na palma de 1 das mãos.
  • Você sempre poderá contar com sua família.
  • Faça sempre as coisas por você, nunca pelos outros, pois o reconhecimento nunca vem da forma que entendemos.
  • Não pare de aprender e ouvir nunca, nosso cerebro é mais feliz em movimento.
  • Sair da sua zona de conforto pode te incomodar, mas te abre um mundo de possibilidades.
  • Tenha sempre uma reserva monetária.
  • Nunca gaste antes de ganhar.
  • Acredite sempre em você!
  • Equilibre todas as áreas da sua vida, isso nos torna feliz, não comprar, comprar…
  • Nunca agir num impulso.
  • Derrotas são aprendizados enormes.
  • Paciência, paciência, paciência.
  • Ajudar os outros, ajuda a esquecer nossos “problemas”
  • Não trabalhe só pelo dinheiro.

 

É ano intenso de pensamentos e aprendizados, agora é pegar tudo isso e levar para 2017, 2018, 2019….

E você já analisou o que aprendeu em 2016?

 

 

Publicado em Divã, Organização

Como realizar as metas feitas.

Olá,

2016 está indo embora, 2017 está chegando cheio de força e promessas recompensadoras.

Quem nunca fez uma lista de metas, de sonhos, de ideias para o ano que vai se iniciar? TODOS, acredito eu.

Por anos, fiz minhas listas de final de ano,  aquelas que a gente promete emagrecer 20kg, guardar R$10.000,00 por mês, ter mais tempo com as crianças, mais paciência, promete que vai se alimentar melhor, que tomara suco verde todos os dias e por ai vai… ai quando chega nessa época, pegamos a lista, olhamos e ficamos frustrados, pois mais um ano se passou e continuo com os 20kg a serem eliminados, guardar o dinheiro? ah! esse até foi feito, mas não na proporção combinada…

É fazer metas não é tão fácil como parece, não basta escrever e pronto elas se realizam. Precisamos de foco, de disciplina, precisamos entender cada passo para que cada meta aconteça, parece simples e fácil, mas eu confesso só entendi isso esse ano!

Assim se me permite dar um conselho, ai vai de como sair desse ciclo viciado de metas não realizadas:

  1. Pegue um caderno e uma caneta;
  2. Vá a um lugar que gosta muito, pode ser um parque, sua cama, seu escritorio, qualquer lugar que faça você se sentir bem e se conectar com seu “eu”;
  3. Coloque uma música que te anima, te deixa feliz.
  4. Escreva como se já tivesse realizado, como se estivesse contando sua história, exemplo: Em 2017 emagreci 20kg, em 2017 conheci NY, em 2017 melhorei minha alimentação….. nosso cérebro (e o Universo também) entendem como já realizado e nos ajudam na tarefa de realizar!
  5. Terminado essa 4 tarefa que pode ser feita em 1 dia, em 10 dias, coloque uma data, formalize esse “contrato”com você mesmo.
  6. Agora chegou a hora de organizar suas metas, de distribuir por meses, semanas e dias, ou seja, o que você fará todos os dias para chegar mais próximo de ter realizado suas metas? Qual a ação diária ou semanal que deve realizar para que no conjunto dos dias do ano de 2017, você esteja cada dia mais perto do que tanto sonha?

Essas são minhas dicas, agora vamos parar de falar e começar a desenhar tudo isso? Já estou fazendo as minhas e logo publico aqui para que vocês acompanhem ela comigo.

E você como faz suas metas? Compartilhe e nos ajude a realizar sonhos.

Publicado em Divã, Mundo Corporativo

O que é Felicidade?

Olá,

Nossa estou ficando repetitiva, mas a minha vida está mudando muito rápido, rodando muito rápido….isso tem seu lado bom, chama-se evolução certo?!

Com os inúmeros questionamentos que fui me fazendo nos últimos meses, resolvi contratar um coaching, acredito que era o momento de realmente entender tudo que vivi até aqui, o que ainda sonho viver e o que ainda quero viver!

O processo de coaching é sensacional, muitas descobertas, muitas informações, muito aprendizado, mas falaremos sobre isso num outro post.

Nesse processo de me questionar, de questionar o que me faz feliz, descobri muitas verdades, uma delas? Que quero ser livre, quero ter flexibilidade de trabalho, quero usar minhas ideias para ajudar e melhorar os processos, os empregos das outras pessoas, quero fazer com que todos possam dar o melhor de si, sem medo.

Descobri que meus filhos são importantes demais na minha vida e que tenho ficado irritada demais, cansada demais, não consigo ver o tempo passar e senti que vou me cobrar isso logo logo…

Voltei a ter a alegria de ler, de aprender, de descobrir o que gosto e como gosto de assistir seriados, entender a mente humana, com tudo isso, fui cada vez mais questionando o quanto disso estava tendo no meu dia a dia….e a resposta? Era quase zero!!

Com a nova função quase não tinha tempo para ler, estudar, observar…. passava o dia todo tentando “agradar”o meu chefe. E olha não é nada fácil! Acredito que ele ao contrário de mim não saiba o que o faz feliz, está perdido num limbo, coitado espero que encontre o caminho logo.

Enfim, tudo isso foi me levando para um caminho de tristeza, de chateação e acredito que nesse caminho deixei a emoção me pegar, deixei algumas coisas acontecerem e ai acredito que até meu chefe percebeu meu desanimo. Final? Sai da empresa.

Quer dizer, não totalmente… tivemos uma conversa e após 15 anos lá dentro, fiquei como consultora da empresa, isso pra mim nesse momento foi ÓTIMO!

Contei um pouco de tudo isso, para que entendam como nem sempre dinheiro, posição, título, são tudo em nossas vidas.

“Felicidade é a combinação de sorte com as escolhas bem feitas..” (Autor Desconhecido)

Publicado em Divã

Quando é necessário mudar…

Fonte: kdfrases.com

Olá,

Com tudo correndo mais rápido na minha vida do que eu posso abraçar o blog vai ficando de lado…fico triste, frustrada, gosto de escrever, de interagir, de trocar ideias com as pessoas que assim como eu tentam dar conta de tudo o tempo todo.

Nos últimos meses, tenho questionado muito meus desejos, sonhos, projetos, tenho tentado me encontrar em todas essas mudanças que minha vida sofreu desde que tive o segundo filho.

A chegada do meu lindo filho trouxe muita alegria a minha casa e sem dúvida me completou como mãe e mulher, massssss me trouxe a sensação de como está dificil conciliar tudo e todos. Veja isso não é culpa dele, isso é culpa minha, ao longo desses anos todos fui abraçando o mundo sem analisar o que eu realmente queria pra mim, fui fazendo porque todos faziam!

Quando paro e observo tudo que conquistei até aqui, percebo que a única coisa que eu REALMENTE planejei, foi minha familia, sim meus filhos, ou seja, sempre quis casar e ter 2 filhos, isso desde que era uma menina, portanto o resto é que esta me desestruturando não a chegada do segundo filho entende?

Profissionalmente, me planejei para estudar, me formar, fazer pós graduação e aos poucos ir seguindo para a vida academica, sim eu sempre quis dar aula de Direito, não necessariamente exercer o Direito. Sempre me vi ensinando, falando para um grupo de pessoas, discutindo ideias, sempre me vi estudando, aprendendo sempre mais e mais, pensei em Mestrado, Doutorado, ir lá pra fora estudar, estudar, estudar…..de repente fui até a pós graduação, entrei numa empresa, me envolvi, me dediquei e cá estou após quase 15 anos como Diretora Adminsitrativa, ou seja, além de eu ter chegado onde nunca pensei/planejei, estou numa área bem diferente da minha formação, preciso dirigir e gerir pessoas o dia todo, coisa que nunca me preparei para fazer…..

Pessoalmente, sempre me imaginei uma boa mãe, boa esposa, dona de casa exemplar, sempre me vi casada com alguém que teria as mesmas ambições e desejos meus, alguém parceiro, alguém que busca seu lugar no mundo. Hoje com 15 anos de relacionamento e 10 anos de casada caio na real: AS PESSOAS SÃO DIFERENTES e sempre serão! O que eu acho importante meu marido não acha, o que me incomoda não incomoda meu marido e assim vamos ficando juntos dia a dia, com objetivos e metas diferentes, isso é a parte triste das diferenças, quando as pessoas tem boas intenções, mas tem ideias diferentes do que é importante para a outra.

Aqui caio na real sobre o que tenho que fazer sobre tudo isso: PRECISO MUDAR!! Mudar a forma como reajo as coisas, como priorizo as coisas, como decido as coisas, preciso mudar o que espero das pessoas, o que espero de mim, e nossa como é dificil mudar!

Sabe como se fosse pegasse um trem e fosse sentado na janela vendo as coisas acontecerem uma a uma e você vai deixando, deixando…de repente o trem para e voce percebe que ele tem dois caminhos a seguir, como voce deixou ele sem direção, o trem não sabe qual caminho seguir? Não sei se existe caminho certo ou errado, o que acredito é que um segue uma escolha e outro segue outra….cada um no seu ponto final terá suas decisões e consequencias, o que é certo é que não posso ficar sentada mais no trem…preciso levantar e ir para a cabine definir o lado que irei.

Para essa escolha estou trazendo muitos sentimentos a tona, muitas ideias esquecidas, muitos desejos adormecidos, isso está muito confuso na minha cabeça, esta me deixando incomodada com tanta coisa que deixei passar, como deixei meu lado espiritual de lado, como engordei 20kg , como cheguei numa função que nem era a que eu queria a principio (Não que não queira agora…mas não era meu sonho inicial hahahahah), como aquilo que eu sempre sonhei (meus dois filhos) são os que tomam a menor parte do meu tempo……

Acredito que escrevendo vou conseguir colocar meu cerebro em ordem, vou conseguir me reorganizar, me reencontrar e assim definir o caminho que seguirei daqui pra frente. Pretendo logo fazer um post do que eu desejo pra mim e como irei buscar.

Publicado em Divã

Comprometimento

Olá

Nossa eu não sei se eu sou a errada ou algumas pessoas são sem noção demais!!

Sábado tive uma conversa séria com a moça que trabalha aqui em casa: falamos de trabalho, responsabilidades , comprometimento … Não sei pra que!!!

Ela faltou 3x essa semana …. Parece que pago porque eu gosto de gastar dinheiro e não Pq eu preciso.

Olha não sei mais como agir: já fui seca, distante, ela empregada e eu patroa. Já fui amiga, entendo tudo e tentando ajudar, já fui até trouxa deixando fazer o que elas querem e no final?!!!! Sempre me ferro!!

Já dei horário fixo, já dei horário flexível, já tentei faxina e empregada fixa, acho que o problema sou eu e não elas…. Minhas amigas dizem que não, que está difícil alguém comprometido, que elas Tb tem dificuldade, não sei….

E vocês?!! Qual a relação de vcs com a ajudante do lar??

Publicado em Divã, Maternidade

Fases da Maternidade: A Birra.

Olá,

Na semana passada, tive em casa com minha filha de 3 anos um dos maiores testes da maternidade : a Birra!!

A pouco mais de 20 dias tivemos que mudar a rotina dela por alguns problemas pessoais e também adaptando para a futura chegada do irmão em outubro, assim ela que antes ficava com os avós no período da manhã e ia a escola apenas as 13:30hs passou a ir para a escola em período integral, ou seja, acordando as 7:00hs, coisa que na casa dos meus pais só acontecia por volta das 10hs (sim esse também foi um dos motivos que tirei ela de lá).

A adaptação inicial se deu melhor do que eu esperava, como tínhamos acabado de voltar de viagem, férias, logo coloquei a nova rotina em prática, começamos a dormir mais cedo, levantar e tomar café juntos, etc…nos primeiros dias tive o problema apenas dela chegar exausta da escola, porque não estava mais acostumada a tirar o soninho da tarde, depois de 3 dias, ela se adaptou completamente e fazia a 1 hora de soninho com seus outros coleguinhas na escola.

Mas na última segunda feira o “bicho pegou”, depois de eu pedir ao pai dela por inúmeras vezes no domingo a noite, que desligasse o filme (estava assistindo Frozen pela milionésima vez) e a levasse para a cama, e ele todo bonzinho, dizendo: Está acabando ela já vai….. passou mais de 1 hora do seu horário normal de dormir e seus reflexos vieram a CAVALO na segunda pela manhã.

Comecei o ritual como de costume: abraçando, beijando, fazendo carinho, coloquei ela mais sentadinha para tomar seu leite até aí tudo em ritmo de “ainda estou dormindo”, quando terminou o leite a “casa caiu” não queria colocar uniforme, começou a chorar como se eu a estivesse esmurrando, gritava, se descabelou literalmente e eu?? Grávida? com horário para entrar no trabalho…comecei a me desesperar junto!! O pai? o bonzinho da noite anterior?? Estava já no trabalho, pois era rodízio do carro dele.

Gente, nunca me senti tão frustrada, tão perdida, tão amargurada…. quanto mais ela gritava, mais a vontade de meter a mão nela chegava e mais eu me segurava pensando isso vai resolver??? Depois de exaustivos 45 minutos, sim você leu certo!Durou 45 minutos, eu sentei e chorei ao lado dela na cama. Completamente exausta, atrasada e amargurada, já estava passando mal a essa altura e pensando no Matheus na minha barriga que não tinha nada a ver com isso.

O momento foi tão intenso que pasmem: ela parou!! Começou a me abraçar, dizer que ia trocar de roupa, fazer carinho no meu rosto…. enfim voltamos a nos conectar como mãe e filha. Abracei minha pequena e chorei, soluçando confesso!! Para muitos estou errada em demonstrar minha “fraqueza”, outros fiz o certo em não “lutar” com ela e gerar ainda mais frustração, para mim mãe, fiquei apenas com a certeza que o bater não ia resolver nosso problema, não ia fazer a relação ficar melhor! Para o pai: a lição que rotina é MUITO IMPORTANTE para crianças menores de 5 anos.

Aprendi que a Birra deve ser encarada como uma lição, onde devemos sempre após acalmar a situação, procurar entender o que levou aquele comportamento e mudar para que ele não aconteça novamente.

E você como lida com a Birra do seu filho? Já se sentiu no limite como eu?

Publicado em Divã, Mundo Corporativo, Organização

Planejando a carreira!

Resultado de imagem para martin luther king frases

Olá!

A algum tempo quero retomar o blog, mas tanta coisa aconteceu no meu último semestre de 2015, que só agora consegui me organizar e retomar meus projetos agora.

Coisas ótimas na realidade: efetivamente sou uma executiva Agora, me tornei Diretora em setembro, com isso veio uma mudança brusca de atividades e responsabilidade, com o bônus vem o ônus ! Mas não tem problema, estou adorando, fui feita pra isso!

Como primeiro passo, criei um Instagram para o blog, lá consigo mostrar mais do meu dia a dia de mãe, esposa, cozinheira, executiva com mais agilidade e aqui, escrever aquilo que pode ajudar muita mulher que pretende dar conta de tudo.

A primeira lição?? Ninguém dá conta de tudo, então relaxa! Faça tudo com amor, paciência e organização e tenho certeza que sairá vitoriosa nessa vida louca que levamos.

Sabe, com a promoção muitas coisas começaram a ficar claro na minha vida, entre elas, que se traçamos um objetivo e dividimos ele em passos, ficará mais fácil de atingir seu ápice.

A uns 8 anos atrás tive uma oportunidade na empresa, sai da área que me formei e passei a cuidar de todo o administrativo, naquela época a empresa tinha apenas uma unidade e seu faturamento era pequeno. Tive muitos problemas: dificuldades de relacionamento e principalmente de objetivo , sim objetivo … Eu fazia por fazer, porque achava certo, não tinha uma estratégia, não tinha um plano, por um tempo funcionou , depois de 3 anos fazendo assim cai! A queda foi dura, chorei muito, pensei em desistir, quase sai da empresa, só não o fiz porque tinha acabado de casar e estava com muitas contas para pagar.

O tempo passou, depois do luto (perdi o cargo), eu comecei a amadurecer a ideia do que eu realmente queria pra mim, pra minha família, aí comecei a traçar um plano.

O plano basicamente era: engravidar, ter meu filho, investir em mais um pouco de estudo, me dedicar ao máximo ao departamento que eu estava, fazer dele um exemplo, mudar meu jeito de falar e me relacionar com as pessoas, ganhar elas pelo respeito e não pela função… E assim fui fazendo, quando minha primeira filha nasceu eu já tinha mudado o conceito da empresa toda sobre mim.

Mas não parava ai, senti que a empresa estava crescendo, já faturava 10X mais e tinha mais 4 unidades, fui então preparando ideias, um projeto de melhoria para os problemas que eu sabia que existiam e para aqueles que eu “ouvia” no cafezinho que estavam acontecendo, dai foi só apresentar? Não!!! Eu ainda queria meu segundo filho , somente depois da família completa eu colocaria meu plano em ação.

Se tudo saiu como eu planejei?? Nem tudo! Demorei quase 2 anos pra engravidar da primeira, fui humilhada, chorei, quase desisti algumas vezes… Mas outras coisas conspiraram a meu favor , nesses 8 anos afastada da área Administrativa todos os funcionários tiveram uma chance e ninguém, ninguém mesmo abraçou a causa como eu fazia, isso me deu longa vantagem, pois comprometimento não se encontra ali na esquina ☺️

Assim, na licença do meu segundo filho, meu chefe (dono do grupo) já reclamando que estava sem soluções, senti que era minha hora… Apresentei meu projeto de licença mesmo. Vi em seu olhar que ficou maravilhado, mas levou ainda alguns meses até comunicar a todos que eu estava de volta e agora no cargo mais TOP do departamento ☺️

Porque contei tudo isso?? Porque tenho certeza que vc tem sonhos que acha que não vai realizar, Pq tem momentos que quer desistir de tudo e largar mão, Pq como eu tem momentos que se sente humilhada e só quer chorar…. Não faça!! À luz do túnel está ali, basta olhá-la com estratégia , com planejamento.

Já dizia meu ídolo : ” Eu gosto do impossível porque lá a concorrência é menor…” Walt Disney